ContatoFechar [X]

Prumo Pro

World Wide Views em Clima e Energia -

Em parceria com o Instituto Brasileiro da Diversidade – IBD, a PrumoPro foi responsável pela coordenação geral da World Wide Views (WWViews) em Clima e Energia no Brasil. 

Em 6 de junho de 2015, na cidade de Cubatão, cerca de 100 pessoas entre cidadãos, mediadores, representantes da prefeitura, equipes de apoio e artistas, reuniram-se no Bloco Cultural, salão anexo à Câmara Municipal, para participar do WWViews – Visões Mundiais em Clima e Energia, uma consulta global que teve como objetivo revelar quanto os cidadãos do mundo estão dispostos a se comprometer com o enfrentamento das mudanças climáticas e para antecipar novas formas de geração de energia.

Helio Santos, presidente do Instituto Brasileiro da Diversidade – IBD, instituição responsável pela organização do encontro, destacou “Nesse processo os cidadãos são sujeitos e não objetos, e os resultados dessas participações poderão influenciar as decisões na COP 21, que acontecerá em dezembro na França“.

Dividido em cinco módulos temáticos: 1) Importância de intervir sobre as alterações climáticas; 2 ) Instrumentos para intervir sobre as alterações climáticas; 3) Negociações da ONU e compromissos nacionais; 4) Justiça e distribuição de esforços; e 5) Fazer promessas sobre o clima e mantê-las, as sessões foram precedidas de exibições de vídeos que contextualizaram quais são os principais desafios a serem enfrentados pela sociedade, e reuniu subsídios importantes para que os debates tivessem a contundência necessária, a fim de que cada voto fosse decidido com lucidez.

Durante o encontro ocorreram, em tempo real, interações com as cidades de Boston (EUA), Lisboa (Portugal), Montreal (Canadá), Paris (França) e Tuscania (Itália), demonstrando a conectividade da iniciativa que fez uso da mesma metodologia e dinâmica nos 80 países participantes os quais, juntos, somaram mais de 10.000 cidadãos presentes.

Para Márcia Rosa de Mendonça Silva, prefeita de Cubatão, foi muito simbólico a realização dessa consulta nesse município que na década de 1984 sofreu com os desastres ambientais. “São mais de 30 anos de luta para transformar esta cidade num lugar que respeita o meio ambiente, promove inclusão social e oferece dignidade de vida às pessoas. A luta é permanente, e já avançamos muito. Temos conquistas a comemorar, e o desafio de aprimorar a gestão e o uso dos recursos para que a cidade de Cubatão seja um bom lugar para viver, trabalhar e ser feliz”, ressaltou.

Alguns resultados

Quando perguntados qual o nível de preocupação com os impactos das alterações climáticas, 75% (Brasil) e 79,38% (Mundo) declararam-se “Muito preocupados”. Se somadas as manifestações daqueles que escolheram “Preocupados”, 23,68% (Brasil) e 19% (Mundo) teremos, respectivamente, 98,68% (Brasil) e 98,38% (Mundo), de cidadãos preocupados com os impactos das mudanças do clima. Quase uma unanimidade.

Quando questionados sobre se os resultados das negociações da ONU sobre o clima desde 1992 foram suficientes para intervir nas alterações climáticas, 93,42% (Brasil) e 71,17% (Mundo), disseram “Não”, o que demonstra uma descrença grande nesse fórum como espaço para o enfrentamento dessas questões, e com uma visão mais crítica dos brasileiros.

Por outro lado, ao serem perguntados sobre qual o grau de urgência que o mundo deveria intervir sobre os problemas das mudanças climáticas, 57,89% (Brasil) e 63,37% (Mundo), votaram na hipótese que declara “O mundo deveria decidir na COP 21, em Paris, tudo o que for preciso para limitar o aumento da temperatura, de modo a não ultrapassar os 2 º C. Nessa mesma questão, 35,53% (Brasil) e 25,93% (Mundo), assinalaram que “O mundo deveria assumir ações ambiciosas para reduzir a temperatura, mas não a qualquer preço.

A World Wide Views

A WWViews – Visões Mundiais em Clima e Energia é uma iniciativa da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Clima e Energia (UNFCCC), da Comissão Nacional para o Debate Público (França), da Fundação do Conselho de Tecnologia (Dinamarca) e Missions Publiques (França), com apoio do Governo Francês, anfitrião da COP21. No Brasil, projeto é coordenado pelo Instituto Brasileiro da Diversidade – IBD, com apoio da Prefeitura de Cubatão, da PrumoPro Projetos e Produções, da Prefeitura de Altinópolis e do Instituto Arapyaú.

Serviço:

Link do relatório preliminar completo: www.ibdiversidade.ogr

Mais informações para a imprensa:

São Paulo: Leno F Silva | 11 991 054 561 | leno@lenoorb.com.br

Cubatão: Morgana Monteiro | 13 991 247 454 | morgana.monteiro2@gmail.com